segunda-feira, 6 de outubro de 2014

sobre não ir

desfazer-se seria um privilégio
se o descaso fosse um atalho
acessível à mim

se as coisas mais lindas
não fossem as tristes e felizes
simultaneamente
muita coisa já teria sido

o passado assusta
a coragem
do coração

são bruscas as oscilações
que me constroem
diariamente

e são sinceros os pilares
que me fazem 
ficar

Nenhum comentário:

Postar um comentário