terça-feira, 9 de junho de 2015

Visceral

a gente sempre paga pra ver
mesmo sabendo o final
seria até normal
se o ser humano não fosse
racional

os fins são sarcásticos
os motivos são plásticos
porque as verdades devem ser mantidas
num sepulcro

ser entregue é ser burro
ser desistente é ser nulo
e o amor é impuro

tudo se desmancha quando conhecemos
a liberdade
e todas as coisas se quebram perante a
insanidade

eu poderia ter muitos outros defeitos
e me privar de alguns efeitos
que só podem me estragar

mas eu gosto de assolar

desconstruir-se é a estrada
a direção é a euforia

transcender é estadia

Nenhum comentário:

Postar um comentário