quarta-feira, 28 de junho de 2017

se tu fosse 
um lixo
[como tu diz]
tu não me
despertaria
sensações
tão
bonitas -
tu é leve
e,
quando tormenta,
também é bela
porque é real
e humana
mas não lixo
nunca lixo
e sim luz
mar sereno
céu estrelado
e,
quando chuva
e trovoadas,
é metamorfose
é natureza
e, sendo
assim, 
é parte do 
universo
e está
tudo bem.